fbpx

Pintura do carro: como conservá-la por mais tempo?

O uso frequente do veículo, expondo-o à sujeira das ruas e às mais diferentes condições climáticas pode, naturalmente, provocar desgaste da pintura do carro. A chuva, o sol forte e a poluição das cidades podem provocar opacidade, riscos e manchas sobre a lataria.

Por isso, é muito importante tomar medidas para conservar a pintura, evitando a perda de brilho e tonalidade. Dessa forma, além de manter o carro mais bonito, você mantém elevado o seu preço de revenda. Confira, a seguir, 5 dicas para manter a pintura do carro bem conservada:

1. Seja cauteloso ao lavar o veículo

Primeiramente, o ideal é que os carros sejam lavados de uma vez por semana a uma vez por mês, dependendo de sua frequência de uso. A água, os produtos e panos passados sobre o automóvel devem ser aplicados com uma pressão moderada, capaz de remover a sujeira, mas sem enfraquecer a tinta ou causar riscos. Esponjas e escovas devem ser macias, sempre utilizadas em movimentos de cima para baixo.

Além disso, sempre utilize sabão neutro ou produtos específicos para estética automotiva, como os da DryWash. Para evitar choques térmicos e manchas, enxágue o carro o quanto antes e nunca o lave com o motor quente ou sob sol forte.

2. Aposte no enceramento sobre a pintura do carro

A segunda dica é a utilização de ceras, como a cera de carnaúba. Ela é muito importante e vantajosa, pois é um produto que protege a pintura contra as intempéries. Após a lavagem e a secagem, a cera deve ser aplicada com pano macio uniformemente por toda a lataria. O ideal é que o procedimento seja feito a cada dois meses para evitar que a pintura do carro fique queimada ou desgastada.

3. Procure o polimento quando necessário

Há casos em que somente o enceramento não será capaz de resolver o problema das manchas ou da opacidade da pintura do carro. Portanto, o polimento é recomendado nesses casos.

Sempre executado por profissionais capacitados, esse processo abrasivo envolve a aplicação de uma lixa que remove a parte da pintura que está danificada para que o veículo possa ser repintado.

4. Confie no martelinho de ouro

Há amassados que não podem ser resolvidos com o polimento. No entanto, nunca deixe de consertá-los o quanto antes, de modo que eles não enferrujem. Procure pelo serviço do martelinho de ouro, que conseguirá solucionar o problema com as ferramentas adequadas.

Em alguns casos, será preciso um serviço completo de funilaria, mas não pense nele como um gasto, e sim como um investimento em seu carro, que estará esteticamente mais atraente e competitivo.

5. Faça o possível para conservar a pintura do carro

Por fim, há alguns cuidados que podem ser tomados para conservar a pintura do carro. Primeiro, procure sempre estacionar o veículo em locais cobertos ou ao menos com sombras. Lembre-se de que os raios de sol forte, ou a chuva com poluentes, podem enfraquecer a pintura e manchá-la.

Além disso, a sujeira de aves também deve ser removida o quanto antes para não danificar a lataria. Uma dica bacana nesse sentido é colocar capas protetoras sobre o automóvel quando ele estiver estacionado em áreas abertas.

Gostou das dicas? Precisando de produtos referência no mercado e de profissionais altamente capacitados, confie na DryWash, pioneira e líder em limpeza e tratamento automotivo.

Deixe um comentário